LIVRO HISTÓRICO
UMA CAMINHADA DE FÉ
HISTÓRIA DA PARÓQUIA SANTO AMARO

SANTO AMARO DA IMPERATRIZ E ÁGUAS MORNAS - SC
Autor: Toni Jochem

 

APRESENTAÇÃO

TEMPO PARA AGRADECER, TEMPO PARA PEDIR

          O livro do Eclesiastes diz que "para tudo há um tempo, para cada coisa há um momento debaixo dos céus: tempo para nascer e tempo para morrer; tempo para plantar, e tempo para arrancar o que foi plantado; tempo para matar, e tempo para sarar; tempo para demolir, e tempo para construir..." (Ecle 3,1-3). A lista desse livro bíblico é longa, e não pretende ser completa: cabe-nos continuá-la. Assim, tendo em vista os 150 anos da Paróquia Santo Amaro - que abrange os municípios de Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas -, acrescento: há tempo para agradecer e tempo para pedir.

          Tempo para agradecer: quando Maria Santíssima visitou Isabel, e sua parenta a elogiou ("Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre!" - Lc 1,42), a Mãe de Jesus deixou que seus sentimentos mais secretos fossem revelados e cantou as maravilhas que o Senhor havia realizado nela: "A minh'alma engrandece o Senhor, e se alegrou o meu espírito em Deus, meu Salvador". E, para que ninguém atribuísse a ela própria o que era obra de Deus, deixou claro: "O Poderoso fez por mim maravilhas (...). Demonstrou o poder de seu braço, dispersou os orgulhosos, derrubou os poderosos de seus tronos..." (Lc 1,46-47.49.51-52).

          Ao celebrar cento e cinqüenta anos de história, cabe à Paróquia Santo Amaro tomar consciência desta verdade: as graças que seus filhos receberam têm sua origem no coração do Senhor - Ele é o Poderoso; Ele é que demonstrou o poder de seu braço; Ele é que "de bens saciou os famintos" (Lc 1,53).

          Tempo para pedir: diante de Deus, precisamos ter o comportamento de filhos, que sabem ser muito amados pelo pai e que, por isso, pedem-lhe o que necessitam. Somos filhos de um Pai muito querido - querido e poderoso ("A Deus nenhuma coisa é impossível", disse o Anjo Gabriel a Maria). Por isso, com muita liberdade, ouso pedir: Pai do céu, pelo amor que tens a teu Filho Jesus Cristo, abençoa a Paróquia Santo Amaro. Abençoa cada um de seus filhos - também os que vivem fora de seu território. Abençoa os doentes e os idosos, os pais de família, os jovens e as crianças. Abençoa seu pároco e seus vigários paroquiais, suas autoridades civis e militares. Abençoa todos aqueles que, com generosidade, doam seu tempo e seu amor para construir uma comunidade cada vez mais viva e atuante. Abençoa o Sr. Toni Jochem e seus familiares, pelo trabalho feito para recuperar uma história tão rica como a que está sintetizada em Uma Caminhada de Fé.

  Dom Murilo S. R. Krieger, scj
Arcebispo de Florianópolis

PREFÁCIO

150 ANOS: UMA HISTÓRIA FEITA DE
TIJOLOS, SERVIÇO, AMOR E EVANGELIZAÇÃO!

          Ao celebrar 150 anos de fundação, a Paróquia Santo Amaro, que é integrada pelos municípios de Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas-SC, rejubila-se por tão importante acontecimento.

          Celebrar este grandioso jubileu é, em primeiro lugar, agradecer a Deus e louvá-lo por tudo o que foi realizado nestes 150 anos. É fazer um retrospecto e um avanço, olhar o passado com os olhos do futuro.

          Não temos a menor dúvida: chegar aos 150 anos é resultado de inúmeros sofrimentos e extraordinárias vitórias. Nada se conquista sem luta, garra e, sobretudo fé, de todos aqueles que fizeram essa história e que hoje são os personagens de nossa mais sincera veneração, amizade e agradecimento.

          Que Santo Amaro continue abençoando este Verde Vale das Águas e cubra de ricas bênçãos e prosperidade os moradores de Santo Amaro da Imperatriz e Águas Mornas.

 

Pe. Frei Nolvi Dalla Costa, ofm
Pároco

 

INTRODUÇÃO

1854 - 2004
150 ANOS DE INSTITUIÇÃO DA PARÓQUIA DE
SANTO AMARO

SANTO AMARO DA IMPERATRIZ E ÁGUAS MORNAS

          Após as comemorações do primeiro centenário da Presença dos Frades Franciscanos[1] na Paróquia Santo Amaro, integrada pelos municípios de Águas Mornas e Santo Amaro da Imperatriz, celebrado em maio de 2000, celebra-se, desta vez, a data do sesquicentenário da instituição da paróquia: 29 de maio de 2004.

          E para marcar esse importante jubileu, fomos encarregados pelo Pároco Pe. Frei Nolvi Dalla Costa e pelos Vigários Paroquiais, Pe. Frei Faustino Tomelin, Pe. Frei Francisco Mafra e Frei Luiz Toigo, de pesquisar e redigir a história dessa Paróquia, para ser publicada em forma de livro.

          Este livro pode ser considerado um documentário tal como foi concebido e elaborado. Resulta de uma pesquisa realizada em fontes documentais primárias e é resultado de uma pesquisa histórica ampliada, realizada originalmente como requisito de avaliação acadêmica da disciplina "Igreja e Colonização", ministrada pelos Professores Doutores João Klug e Valberto Dirksen, no segundo semestre de 1998, no programa de Pós-Graduação em História, na Universidade Federal de Santa Catarina. Resulta, ainda, de uma pesquisa realizada em fontes documentais primárias, encontradas em grande parte no Arquivo Histórico da Paróquia de Santo Amaro da Imperatriz, no Arquivo Histórico-Eclesiástico de Santa Catarina, Arquivo da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, Arquivo Público do Estado de Santa Catarina, dentre outras instituições e em bibliografia de apoio. Já há vários anos, estamos pesquisando sobre esse tema e, ultimamente, em função da comemoração do jubileu, dedicamos especial atenção ao assunto. Cabe ressaltar a imprescindível colaboração das lideranças das comunidades filiadas à paróquia no levantamento das informações que deram suporte e substância ao respectivo histórico. E essa foi uma árdua missão que requereu tempo, muito tempo, paciência, liderança, persistência, além de grande objetividade e clareza no objeto de pesquisa. Foi um esforço conjunto e altamente pedagógico que, em muitos casos, envolveu toda a comunidade, fazendo com que ela se sentisse diretamente responsável pelo registro de sua própria história.

          De linguagem simples e estilo direto, o presente livro não pretende ser de natureza teórica nem aspira esgotar a história da Paróquia Santo Amaro, localizada no Leste do Estado de Santa Catarina.

          Para melhor compreensão de seu conteúdo, esse livro foi dividido em sete partes, a saber:

          PRIMEIRA PARTE - SANTO AMARO E SUA HISTÓRIA: nela, fizemos constar o início do povoamento, a construção das Igrejas de Sant'Ana e de Santo Amaro, a história do padroeiro e a criação da Paróquia, dentre outros aspectos;

          SEGUNDA PARTE - HISTÓRICO DAS COMUNIDADES FILIADAS À PARÓQUIA: esta parte traz um detalhado histórico dos setores de pastoral e a relação dos líderes de cada uma das comunidades filiadas à Paróquia Santo Amaro;

          TERCEIRA PARTE - MOVIMENTOS E PASTORAIS: é composta de um histórico de alguns dos principais movimentos e pastorais que atuam na Paróquia Santo Amaro;

          QUARTA PARTE - IRMÃS RELIGIOSAS: nesta, abordamos a presença e a atuação das congregações religiosas femininas, entre elas, as Irmãs da Divina Providência, as Irmãs Escolares de Nossa Senhora e as Irmãs Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus;

          QUINTA PARTE - MANIFESTAÇÕES E VISIBILIDADE DA FÉ: destacamos elementos que manifestam e que dão visibilidade à saliente fé dos paroquianos, entre eles a sesquicentenária e tradicional Festa do Divino Espírito Santo, a Escola Paroquial Santo Antônio, o Hospital São Francisco de Assis, o assassinato da jovem Maria Amida Kammers e sua fama de santidade, além do Conventinho do Espírito Santo, sede do apostolado de Frei Hugolino Back e do Pe. Frei Luiz Toigo;

          SEXTA PARTE - GENERALIDADES: consta, entre outros aspectos, de uma relação de curiosidades de fundo religioso, de uma entrevista com o Pároco Pe. Frei Nolvi Dalla Costa, de uma tábula histórica, contendo dia-a-dia os principais acontecimentos da paróquia, e de um amplo levantamento sobre o acervo histórico da Paróquia Santo Amaro;

          SÉTIMA PARTE - ANEXOS: contém informações histórico-religiosas até então dispersas e desconhecidas dos paroquianos, as quais enriquecem, sobremaneira, o conteúdo desta publicação.

          Para melhor ordenar o conteúdo dos capítulos desse livro, optamos por inserir notas de fim em detrimento das notas de rodapé, as quais, muitas vezes, além de trazer importante conteúdo explicativo, apontam fontes arquivais e bibliográficas para quem deseja se aprofundar nos respectivos temas.

          Após anos de pesquisas dedicadas à elaboração desse livro, esperamos que ele possa proporcionar aos leitores uma visão panorâmica da PARÓQUIA SANTO AMARO, salientando o rico processo histório-cultural-religioso no qual ela está inserida. Nesta acepção, o presente livro torna-se imprescindível a quem deseja conhecer aspectos da história da Igreja, no que diz respeito à presença e à atuação dos padres diocesanos, de 1836 a 1900, e dos frades franciscanos a partir de 28 de maio de 1900, na Paróquia de Santo Amaro da Imperatriz. Também para quem deseja conhecer um pouco mais sobre a extinta Paróquia Santa Teresa, de Teresópolis - a Porciúncula Franciscana no Brasil - em seus mais diversos aspectos.

          Atualmente, a Paróquia Santo Amaro é uma das mais tradicionais e atuantes da Arquidiocese de Florianópolis[2] e compreende, além da Igreja Matriz, mais 23 comunidades, a saber: Santo Amaro, Águas Mornas, Bairro São Francisco, Braço São João, Caldas da Imperatriz, Calemba, Combatá, Fazenda Bom Jesus - Imbiras, Fazenda da Ressurreição, Fazenda do Sacramento II, Löffelscheidt, Morro do Fabrício, Pagará, Santa Cruz da Figueira, Santa Isabel, Sertão, Sul do Rio, Taquara, Teresópolis, Vargem do Braço, Vargem Grande, Varginha, Gruta da Varginha e Bairro Nossa Senhora de Lourdes - Velacho[3].

          Com relação aos aspectos demográficos, somadas a população do Município de Águas Mornas e a população do Município de Santo Amaro da Imperatriz, que integram a paróquia Santo Amaro, segundo o censo do IBGE do ano 2000, têm-se 21.098 habitantes[4]. O mesmo órgão de estatística fez uma estimativa das populações residentes para julho de 2004 e apresenta, para os dois municípios, uma população de 22.686 habitantes[5]. Vale ressaltar que a maioria absoluta desse total professa a religião católica. Quanto à área territorial, Águas Mornas possui 360,757 km2 e Santo Amaro da Imperatriz[6] 310,735 km2, perfazendo um total de 671,492 km2.

          Passado um século e meio do distante 29 de maio de 1854, este livro pretende ser um grande presente, pelos 150 anos de paróquia, para todos os paroquianos e interessados pela história da Paróquia de Santo Amaro. Pretende, outrossim, contribuir para que o tempo jamais consiga apagar de nossas memórias as imagens, os feitos e os nomes daqueles que, efetivamente, construíram a bela história da hoje sesquicentenária Paróquia Santo Amaro.

          Boa leitura...

Toni JOCHEM
Santo Amaro da Imperatriz, 15 de janeiro de 2005
Dia Dedicado a Santo Amaro e Encerramento Oficial
dos Festejos Alusivos ao Sesquicentenário

 

 

SOBRENOMES DAS PESSOAS CITADAS NO LIVRO
UMA CAMINHADA DE FÉ
HISTÓRIA DA PARÓQUIA SANTO AMARO

SANTO AMARO DA IMPERATRIZ E ÁGUAS MORNAS - SC

A - Abreu, Agenor, Aguiar, Albarnaz, Albina, Albino, Alenquer, Alessandrino, Alexandria, Alexandrino, Alflen, Alfner, Alkemeier, Allein, Allvulenn, Almeida, Alterntemeier, Althoff, Álvares, Alves, Amam, Amaral, Amin, Amorim, Andrada, Andrade, Andressen, Angst, Anjos, Anthero, Anthoni, Antunes, Arantes, Araújo, Arcoverde, Arns, Arruda, Assing, Assis, Assunção, Athayde, Avancini, Ave-Lallemant, Ávila, Avosani, Azambuja, Azevedo.

B -
Babis, Bach, Back, Backes, Badzinski, Bahlmann, Balbino, Ballmann, Banse, Baptista, Barbero, Barboza, Barreto, Barrionuevo, Barros, Barth, Bartz, Basso, Bastos, Batista, Battistotti, Bauer, Baumann, Baumeister, Bayerle, Beber, Beck, Becker, Beiler, Beirão, Bela Beline, Belmiro, Benet, Bensing, Benta, Bento, Beppler, Berbe, Berber, Beretta, Berns, Bernsdorf, Bernz, Berri, Berscheid, Berté, Bertoldi, Besen, Bet, Betancourte, Bettencourt, Beumer, Bez, Bezil, Biasatto, Bierbaum, Biff, Bilk, Bittencourt, Blasberg, Bläsing, Blau, Bleis, Bleser, Blomenröhr, Böckenholt, Bocks, Boegershausen, Boeing, Boeri, Boesing, Bohnerts, Böing, Bömer, Boos, Booz, Borba, Borges, Born, Borren, Bosquete, Bosquette, Bossle, Botelho, Both, Bourbon, Bozzano, Bracht, Braga, Brandenburg, Brandinelli, Brandt, Brasil, Brasileiro, Bratfisch, Braun, Bray, Brecht, Bremes, Bressanini, Brião, Brick, Brinkmann, Brito, Brochado, Broering, Bröring, Brosso, Brüch, Brück, Bruder, Brügge, Brüggemann, Brugnarotto, Brüning, Bruns, Brusque, Bucher, Buck, Budelli, Buesa, Bunn, Burato, Buratto, Buschhoff, Buss, Büttencourt.

C -
Cabral, Caetana, Caetano, Calomeno, Câmara, Camargo, Cambruzzi, Camilo, Campos, Cândido, Cardosa, Cardoso, Cardozo, Carlessi, Carmo, Carvalho, Casagrande, Casasotto, Castro, Cattoni, Cavalcanti, Cavalini, Cavazini, Caxambu, Cayres, Cechet, Cesário, Chaib, Challer, Chaves, Chichio, Chonacka, Cintra, Cius, Claudino, Coelho, Coimbra, Collares, Conceição, Conradi, Conrado, Constância, Constant, Constante, Conte, Conzatti, Cordeiro, Correa, Costa, Coutinho, Cravo, Cristóvão, Cruz, Cunha, Cúrcio.

D -
d’ Acumpora, d’Abreu, d’Andrade, d’Aquino, d’Ascenção, d’Ávila, d’Espíndola, Daczszyn, Daher, Dalla Costa, Damar, Daufenbach, David, Defreyn, Degering, Deimann, Della Giustina, Della Rocca, Deolinda, Deon, Derner, Deschamps, Deucher, Di Bernardi, Dias, Diekamp, Dill, Dingenheim, Diniz, Dirksen, Domingos, Domingues, Dominoni, Dores, Dreiling, Duarte, Duckstein, Duesterhaus, Dullinger, Dureux, Durieux, Dutra.

E -
Ebbert, Ebert, Effting, Efting, Eger, Eierhoff, Eifler, Eleutherio, Elias, Eller, Ely, Emmel, Enderlig, Entres, Epping, Ermes, Ern, Esper, Espey, Espíndola, Esser, Este, Exterkoetter, Exterkotter, Eyng.

F -
Fabretti, Fabrício, Fagundes, Faigel, Faria, Farias, Fark, Faulpel, Fausten, Faustino, Fehren, Feiber, Feigel, Feldkirchner, Feldmann, Feliciano, Felippe, Felisbino, Feltes, Fermino, Fernandes, Ferrari, Ferraz, Ferreira, Fett, Figueiredo, Filho, Filisbino, Fiordo, Fiore, Fiorese, Fiori, Firmino, Fischer, Flesch, Flor, Floriano, Föcker, Fogues, Fohrmann, Folster, Fonseca, Fontana, Fornari, Fortkamp, Fortunato, Fossati, Fraga, França, Francisco, Franco, Frankenberg, Franz, Franzener, Freiberg, Freiberger, Freigel, Freire, Freitas, Frigo, Fritzen, Frosi, Fructuoso, Fuchs, Füchtjohann, Fuck, Funger, Furlan, Furtado.

G -
Galdino, Gallotti, Galotti, Gambá, Ganarini, Garcia, Garni, Gäser, Gaspar, Gaszczak, Gattone, Gautrelet, Gazaniga, Gazziero, Gedi, Gehling, Genent, Gepp, Gerber, Gerent, Gerhard, Gerhardinger, Gerlen, Gerving, Gesser, Gianlippi, Gianluppi, Giesberts, Gil, Girardi, Gödert, Godoes, Goedert, Goettmann, Goldkuhle, Golland, Gomes, Gonçalves, Gonella, Gorges, Goulart, Gracia, Graff, Grah, Gramiché, Grassano, Gratwohl, Grewe, Grion, Groh, Gröne, Grothues, Grüdter, Grumiché, Grunwald, Gualtieri, Guanabaja, Guanabara, Guckert, Guedes, Gueres, Guérin, Guesser, Guimarães, Guithon, Guniewald, Günter, Gutberlet.

H -
Hack, Hackradt, Haeming, Haendchen, Haettinger, Hahn, Haib, Hailmair, Hainzenreder, Hames, Häming, Hamm, Hammes, Hanckel, Hang, Hank, Harger, Harth, Has, Haske, Haskel, Hass, Hast, Hausmann, Hawerroth, Hefel, Heidemann, Heilmair, Heinzen, Hellmann, Helmann, Hem, Hemmer, Hemsing, Henckenn, Henkel, Hensing, Hentrich, Herbon, Hermann, Hermes, Hermesmeyer, Herzmann, Hessling, Heumesser, Hillamann, Hillesheim, Hillmann, Hinckel, Hink, Hinkel, Hintemann, Hobold, Hoepcke, Hoepers, Höer, Hoettges, Höfer, Hoffmann, Hogefeld, Hoinaski, Höller, Holte, Holtterbach, Homem, Honorato, Hören, Hormuth, Horn, Horr, Horstmann, Hoyer, Hreisemnou, Huelse, Hunsrück, Hüntemann.

I -
Ibers, Ignacia, Imich, Immenköter, Immenkötter, Immich, Imming, Inácio, Israel, Izidoro.

J -
Jaber, Jacinto, Jacob, Jahn, Jakob, Janning, Jansen, Jarosz, Jasper, Jaspert, Jellsten, Jensen, Jeremia, Jerônymo, Jesus, Joahy, Joaquim, Jochem, Jochen, Jönck, Jordão, Jorge, Jörgens, Josué, Jubanski, Judel, Jummes, Junckes, Jung, Junglos, Jünk, Junklaus, Jürgen, Justam, Justen, Justino, Jüttel.

K -
Kahl, Kalbusch, Kamer, Kamers, Kammers, Kampmann, Kamps, Kasemir, Kaufhold, Kauling, Kehrig, Kempe, Kentenich, Kerich, Kerig, Kettler, Kiesner, Kilian, Kinceski, King, Kirchner, Kirst, Klasen, Klaus, Klein, Klemmer, Klettemberg, Klettenberg, Klöckner, Klöppel, Klug, Kluge, Knabben, Knies, Kniss, Knoll, Knut, Koch, Kochela, Kock, Koehler, Koehrig, Koep, Koerich, Koerig, Koering, Kohnen, Kompart, Kons, Korczorski , Körig, Korintenberg, Korte, Kosielski, Koslopp, Kösters, Kraemer, Kraus, Krause, Krautz, Krebs, Krechel, Kreisch, Kreling, Kretzer, Kreuch, Kreusch, Krieger, Kühlkamp, Kuhn, Kuhnen, Kukn, Kullmann, Kunz, Kunze, Kürpick, Kussler, Kuster.

L -
Lacerda, Lackhoff, Lamothe, Lampa, Lapa, Lapchinski, Lauer, Laukamp, Laur, Laurentino, Laus, Lazzari, Leal, Lehmkuhl, Lemos, Lenfers, Leurs, Ricks, Leusing, Lidwina, Liebert, Lima, Limpinsel, Linden, Linhares, Lins, Lisboa, Livramento, Locatelli, Loch, Locks, Loebens, Loffi, Loffy, Lofi, Lofy, Lohn, Longasato, Longen, Loof, Lopes, Lopez, Lorentino, Los, Lother, Loti, Loudovino, Lourdes, Lourenço, Luchtemberg, Lückmann, Ludgen, Ludwig, Luft, Luiz, Luna, Lünnback, Lupi, Luz.

M -
Macagnon, Macedo, Machado, Maciel, Mafra, Magno, Maier, Mainard, Mainchein, Malavasi, Mallmann, Mânica, Mannerich, Mannrich, Mansur, Marcellino, Marcos, Marino, Marques, Martendahl, Martendal, Martin, Martins, Marto, Mascarenhas, Mathias, Matos, Mattos, Mauerwerk, Maurício, May, Mayer, Mazzock, Meason, Medeiros, Mees, Meier, Meinchein, Meinolfo, Meinschein, Meirinha, Meiwes, Melchior, Mello, Melo, Mendes, Menezes, Mercedes, Merlassino, Merloni, Merten, Meurer, Mewes, Meyer, Michelis, Mielczarski, Miguel, Miranda, Mittlemann, Modesto, Moenster, Mohr, Moiséis, Molitor, Moll, Moma, Momm, Mons, Monteiro, Morader, Mateus, Moraes, Morais, Moreira, Morlath, Morsch, Moser, Mota, Motta, Moura, Moysés, Müller, Munaretto, Mohr, München, Muniz, Murno.

N -
Nacke, Nagones, Naime, Nardelli, Nascimento, Nau, Navarro, Nebel, Neckel, Nedilha, Negherbon, Neotti, Neto, Netto, Neuhaus, Neves, Nicodemos, Niehues, Nienkoetter, Nienkotter, Nodari, Noeti, Nogueira, Nolte, Novaes, Novais, Nunes, Nuremberg, Nyznyk.

O -
Ochters, Oderdenge, Oechtering, Oliveira, Orth, Ostermann, Ottenbreit, Ottersbach, Owicz.

P -
Pacheco, Packes, Paiva, Paixão, Pamplona, Passig, Passos, Paternolli, Paula, Pauli, Paulus, Pederzini, Pedroso, Pelegrini, Peliteiro, Penz, Perard, Perardt, Perarth, Pereira, Pering, Peters, Petri, Petry, Pfleger, Philipe, Philippi, Philippus, Piamageme, Piazza, Pickler, Pickmeier, Piechoczek, Pierar, Pierini, Pierre, Pies, Pinho, Pintareli, Pinto, Pirat, Pires, Pirôpo, Pitz, Piza, Plácido, Podkunwas, Poletti, Porto, Prade, Praxedes, Preis, Pretz, Prim, Primo, Probst, Prudêncio, Pucci, Puigcerver, Pundeka.

Q -
Quadros, Quetsch, Quinca, Quint, Quintão.

R -
Rabello, Rachadel, Ramlow, Ramos, Rancheski, Randa, Rassweiler, Rasveiler, Ravazzoli, Raymundo, Rebolfer, Rech, Reckers, Regis, Remackles, Rengel, Resch, Ribeiro, Ricardina, Rich, Richard, Richards, Richter, Rick, Ricken, Ricks, Riecks, Rieg, Rios, Rocha, Rochinsk, Rockemnach, Rockenbach, Rode, Rodolfo, Rodrigues, Röer, Rohling, Roling, Rolino, Rölver, Ronchi, Rosa, Rosar, Rossi, Roth, Roza, Rozar, Rubarth, Ruini, Rutes, Ruthes.

S -
Sá, Sabino, Salasário, Salazar, Salles, Salm, Salomão, Salute, Sanches, Sant’Ana, Santana, Santos, Sardá, Sartoli, Sasse, Schmitt, Spannagel, Sinzig, Schlenger, Steiner, Schultz, Schwirling, Scheid, Schwirling, Saupp, Savi, Savino, Scalabrini, Schaan, Schabbo, Schaden, Schaette, Schafascheck, Schäfer, Schapo, Schappo, Schärer, Scharf, Schauffer, Schauffler, Scheid, Scheidgen, Scheidt, Scheimann, Schellenberg, Schembri, Scherer, Schiek, Schlag, Schlein, Schlenger, Schlichting, Schlickmann, Schlisting, Schlösser, Schmalor, Schmatz, Schmidt, Schmitt, Schmitz, Schmoeller, Schneider, Schneith, Schnitzler, Schörer, Schorr, Schotten, Schraiber, Schram, Schröder, Schuch, Schuck, Schuermann, Schug, Schuhen, Schulz, Schüren, Schürhaus, Schürhoff, Schutel, Schütz, Schwaab, Schwambach, Schwartz, Schweckhorst, Schweiter, Schweitzer, Schwertnes, Schwinden, Schwirling, Scotti, Seemann, Seferino, Sehnem, Seidler, Selhorst, Sell, Selt, Sens, Senz, Serafim, Setenque, Shaib, Siberina, Sieber, Silva, Silveira, Sílvia, Sima, Simão, Simas, Simoni, Sinzig, Smitmans, Soares, Sobrinho, Sommer, Sosso, Soubirous, Souza, Spannagel, Speer, Sperber, Sperfeld, Sperr, Spimer, Spohr, Stachomski, Städem, Stadimayer, Staloch, Steffen, Steffens, Steffens-Morsch, Stein, Steinbach, Steiner, Steotassoli, Stoer, Stolf, Straeter, Stroka, Sundrupp, Süsser.

T -
Tambosi, Tancredo, Taranto, Tavares, Teisges, Teixeira, Tenfenne, Tenschert, Terlau, Terrier, Teuschens, Thaler, Thamazia, Theisen, Theisges, Theissen, Themans, Thering, Thiel, Thiele, Thiesen, Thiesges, Tholen, Thomaz, Thomázia, Tielitz, Toigo, Tomasi, Tomasine, Tombrock, Tomelin, Tondin, Topheide, Topp, Torquato, Torres, Torsani, Traube, Trierweiller, Trindade, Tristão, Truppel, Tschudi, Turnes, Tuschen.

U -
Uhe, Uliano, Unger.

V -
Vagner, Valent, Valente, Valk, Vallent, Valzburger, Vamboemmel, Vambömmel, van Beck, van Bömmel, Vanboemmel, Vanbömmel, Vanderlinde, Vandresen, Vanuzi, Vanzella, Vargas, Vass, Vaz, Veiga, Velho, Venâncio, Venker, Ventura, Venturi, Veríssimo, Verner, Viana, Vianey, Vicente, Vidal, Vieira, Vilanova, Villmes, Vintur, Vinzenz, Voges, Vombömmel, Vortuosa, Voss.

W -
Wagner, Waldrich, Wallbröhl, Waltrich, Wappäus, Warmeling, Warmling, Wassem, Weber, Wedderhoff, Weingärtner, Weirich, Weiss, Weltmann, Wendhausen, Wenhausen, Werlich, Werling, Werner, Wersdörfer, Wessler, Westdörfer, Westerveld, Westphal, Westrup, Westrupp, Wiemes, Wienken, Wiese, Wiethorn, Wilbert, Wild, Willeke, Wilmes, Wiltuschnig, Wilvert, Wilverth, Wirschen, Wittich, Wobeto, Wolf, Wolff, Wunsick.

X -
Xavier.

Y -
Yurk.

Z -
Zanini, Zeferina, Zeferino, Zenon, Zimmer, Zimmermann, Zluhan, Zoller.

--------------------------------------------------------------------------------

NOTAS DE FIM

[1] Trata-se dos frades da Província Franciscana da Imaculada Conceição do Brasil, da Ordem dos Frades Menores - OFM. A Ordem Franciscana foi fundada por São Francisco de Assis, baseia-se no tripé: Obediência, Pobreza e Castidade; e foi aprovada pelo Papa Inocêncio III, em 1210. São Francisco de Assis nasceu na Úmbria, Itália, em 1182 e faleceu com 44 anos de idade aos 03 de outubro de 1226. Foi canonizado pelo Papa Gregório IX, aos 16 de julho de 1228.

[2] A Diocese de Santa Catarina foi criada a 19/03/1908 pela Bula Quum Sanctissimus Dominus Noster do Papa Pio X, desmembrada da então Diocese de Curitiba. A 17/01/1927, pela Bula Inter praecipuas do Papa Pio XI, foi elevada a Arquidiocese e Sede Metropolitana, passando a denominar-se Arquidiocese de Florianópolis. Hoje, a Arquidiocese de Florianópolis é integrada por 30 municípios, a saber: Águas Mornas, Angelina, Anitápolis, Antônio Carlos, Balneário Camboriú, Biguaçu, Bombinhas, Botuverá, Brusque, Camboriú, Canelinha, Florianópolis, Garopaba, Gov. Celso Ramos, Guabiruba, Itajaí, Itapema, Leoberto Leal, Major Gercino, Nova Trento, Palhoça, Paulo Lopes, Porto Belo, Rancho Queimado, Santo Amaro da Imperatriz, São Bonifácio, São João Batista, São José, São Pedro de Alcântara, Tijucas. Sua população é de 1.345.993 habitantes (IBGE 2004); tem a superfície de 7.862,1 km2; e a densidade demográfica de 171,20 hab/km2. Suas Paróquias são as seguintes: ANGELINA - Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição; ANITÁPOLIS - Paróquia São Sebastião; ANTÔNIO CARLOS - Paróquia Sagrado Coração de Jesus; BALNEÁRIO CAMBORIÚ - Paróquia Santa Inês, Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Vila Real, Paróquia São Sebastião; BIGUAÇU - Paróquia São João Evangelista; BOTUVERÁ - Paróquia São José; BRUSQUE - Paróquia Santa Catarina - Dom Joaquim, Paróquia Santa Teresinha, São Judas Tadeu, Paróquia São Luiz Gonzaga, Reitoria e Santuário de Nossa Senhora de Azambuja; CAMBORIÚ - Paróquia Divino Espírito Santo; CANELINHA - Paróquia Sant'Ana; FLORIANÓPOLIS - Paróquia Nossa Senhora de Lourdes e São Luiz - Agronômica, Paróquia Nossa Senhora da Glória - Balneário do Estreito, Paróquia São João Batista e Santa Luzia - Capoeiras, Paróquia Nossa Senhora do Desterro e Santa Catarina - Catedral, Paróquia Santo Antônio e Santa Maria Goretti - Coloninha, Reitoria da Igreja Santa Catarina de Alexandria - Colégio Catarinense, Paróquia Nossa Senhora do Carmo - Coqueiros, Paróquia Nossa Senhora de Fátima e Santa Teresinha do Menino Jesus - Estreito, Paróquia Nossa Senhora de Guadalupe - Canasvieiras, Paróquia Sagrado Coração de Jesus - Ingleses, Paróquia São José e Santa Rita de Cássia - Jardim Atlântico, Paróquia Nossa Senhora da Imaculada Conceição da Lagoa, Paróquia São Francisco Xavier - Monte Verde, Paróquia Santa Teresinha do Menino Jesus - Prainha, Paróquia Nossa Senhora da Lapa - Ribeirão da Ilha, Paróquia Nossa Senhora da Boa Viagem - Saco dos Limões, Paróquia Santo Antônio - Centro, Paróquia Santíssima Trindade - Trindade; GAROPABA - Paróquia São Joaquim; GOVERNADOR CELSO RAMOS - Paróquia Nossa Senhora dos Navegantes; GUABIRUBA - Paróquia Nossa Senhora do Perpétuo Socorro; ITAJAÍ - Paróquia São Cristóvão - Cordeiros; Paróquia São João Bosco - Dom Bosco, Paróquia Nossa Senhora de Lourdes - Fazenda, Paróquia Santíssimo Sacramento - Centro, Paróquia São João Batista - São João, Paróquia São Vicente de Paulo - São Vicente, Capelania Spiritus Veritatis - UNIVALI; ITAPEMA - Paróquia Santo Antônio; LEOBERTO LEAL - Paróquia Sagrado Coração de Jesus; MAJOR GERCINO - Paróquia Senhor Bom Jesus; NOVA TRENTO - Paróquia São Virgílio, Capelania Especial Nossa Senhora de Lourdes e Santa Paulina - Vígolo; PALHOÇA - Paróquia Senhor Bom Jesus de Nazaré, Paróquia São Francisco de Assis - Aririú, Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Enseada de Brito, Paróquia São Judas Tadeu e São João Batista - Ponte do Imaruim; PAULO LOPES - Paróquia Sagrado Coração de Jesus; PORTO BELO - Paróquia Senhor Bom Jesus dos Aflitos; SANTO AMARO DA IMPERATRIZ - Paróquia Santo Amaro; SÃO BONIFÁCIO - Paróquia São Bonifácio; SÃO JOÃO BATISTA - Paróquia São João Batista; SÃO JOSÉ - Paróquia São José - Centro Histórico, Paróquia Sagrados Corações - Barreiros, Paróquia Santa Cruz - Barreiros, Paróquia São Judas Tadeu - Barreiros, Paróquia Santo Antônio - Campinas, Paróquia Sant'Ana - Colônia Sant´Ana, Paróquia São Francisco de Assis - Forquilhinhas; Paróquia Nossa Senhora Aparecida - Procasa, Paróquia Nossa Senhora do Rosário - Rosário; SÃO PEDRO DE ALCÂNTARA - Paróquia São Pedro de Alcântara; TIJUCAS - Paróquia São Sebastião. Fonte: http://www.arquifloripa.org.br/Anuario%202005.doc - Consulta realizada aos 09 de março de 2005.

[3] Para melhor atender os membros das respectivas comunidades, há projetos para a construção de igrejas em: Combatá, Braço de São João, Gruta da Varginha e Morro do Fabrício. Cf. Livros de Atas da CAEP da Igreja Matriz (1992-2001), p. 35v. APSAI.

[4] Desse total, 5.390 são do Município de Águas Mornas: 1.715 na área urbana e 3.675 no setor rural; 2.772 do sexo masculino e 2.618 do sexo feminino. Santo Amaro da Imperatriz tinha 15.708 habitantes: 12.536 na área urbana e 3.172 no setor rural; 8.016 do sexo masculino e 7.692 do sexo feminino. Fonte: www.ibge.gov.br - Consulta realizada em 10/02/2004. Em 2004, Águas Mornas tinha 4.671 eleitores, sendo 2.458 do sexo masculino e 2.213 do sexo feminino. No mesmo ano, Santo Amaro da Imperatriz tinha 12.527 eleitores, sendo 6.348 do sexo masculino e 6.179 do sexo feminino. Fonte: http://www.tre-sc.gov.br/eleicoes/estat_offline/perfil/situacao_munic.htm - Consulta realizada em 13/02/2005.

[5] Desses, 5.790 para Águas Mornas e 16.896 para Santo Amaro da Imperatriz. Fonte: www.ibge.gov.br -Consulta realizada em 10/02/2005.

[6] Fonte: http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/areaterritorial/area.php?nome=% e http://www.ibge.gov.br/home/geociencias/areaterritorial/area.php? - Consulta realizada em 13/02/2005.

___________________________________________________________

SUMÁRIO

Apresentação - Dom Murilo S. R. Krieger, scj ..................................................................................................................
Prefácio - Pe. Frei Nolvi Dalla Costa, ofm..........................................................................................................................
Introdução.................................................................................................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

PRIMEIRA PARTE
SANTO AMARO E SUA HISTÓRIA

1 - Um Pouco de História Regional....................................................................................................................................
2 - Capela de Sant'Ana - Primeira Igreja da Localidade.................................................................................................
3 - A Segunda Igreja: Santo Amaro......................................................................................................................................
4 - A História da Imagem do Padroeiro Santo Amaro......................................................................................................
5 - 1854: A Instituição da Paróquia......................................................................................................................................
6 - 1900: Os Franciscanos assumem a Paróquia...........................................................................................................
7 - A Terceira Igreja de Santo Amaro e sua Consagração.............................................................................................
8 - Angelina: Uma Extensão Franciscana de Santo Amaro............................................................................................
9 - Paróquias Anexas a Santo Amaro.................................................................................................................................
10 - A Grande Reforma da Igreja Matriz..............................................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

SEGUNDA PARTE
HISTÓRICO DAS COMUNIDADES FILIADAS À PARÓQUIA

11 - Vargem Grande...............................................................................................................................................................
12 - Löffelscheidt.....................................................................................................................................................................
13 - Teresópolis......................................................................................................................................................................
14 - Águas Mornas..................................................................................................................................................................
15 - Lourdes.............................................................................................................................................................................
16 - Santa Isabel.....................................................................................................................................................................
17 - Vargem do Braço.............................................................................................................................................................
18 - Bom Jesus.......................................................................................................................................................................
19 - Pagará...............................................................................................................................................................................
20 - Vila Sant'Ana.....................................................................................................................................................................
21 - Varginha............................................................................................................................................................................
22 - Varginha de Baixo...........................................................................................................................................................
23 - Velacho..............................................................................................................................................................................
24 - Sul do Rio.........................................................................................................................................................................
25 - Ressurreição...................................................................................................................................................................
26 - Santa Cruz da Figueira...................................................................................................................................................
27 - Taquara.............................................................................................................................................................................
28 - Caldas da Imperatriz......................................................................................................................................................
29 - São Francisco..................................................................................................................................................................
30 - Calemba...........................................................................................................................................................................
31 - Combatá...........................................................................................................................................................................
32 - Braço de São João..........................................................................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

TERCEIRA PARTE
MOVIMENTOS E PASTORAIS

33 - Ordem Franciscana Secular - OFS..............................................................................................................................
34 - Apostolado da Oração - AO...........................................................................................................................................
35 - Movimento de Cursilhos de Cristandade - MCC......................................................................................................
36 - Movimento Familiar Cristão - MFC...............................................................................................................................
37 - Pastoral de Noivos - PN.................................................................................................................................................
38 - Renovação Carismática Católica - RCC....................................................................................................................
39 - Pastoral da Juventude - PJ ...........................................................................................................................................
40 - Pastoral da Mãe Peregrina de Schöenstatt...............................................................................................................
41 - Outras Pastorais.............................................................................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

QUARTA PARTE
IRMÃS RELIGIOSAS

42 - Irmãs da Divina Providência.........................................................................................................................................
43 - Irmãs Escolares de Nossa Senhora..........................................................................................................................
44 - Irmãs Apóstolas do Sagrado Coração de Jesus.....................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

QUINTA PARTE
MANIFESTAÇÕES E VISIBILIDADE DA FÉ

45 - Festa do Divino Espírito Santo.....................................................................................................................................
46 - Cruz do Século em Santo Amaro.................................................................................................................................
47 - Cruzeiro entre Águas Mornas e Vargem Grande......................................................................................................
48 - Escola Paroquial Santo Antônio...................................................................................................................................
49 - Sociedade Hospitalar São Francisco de Assis........................................................................................................
50 - Oratório Santa Luzia.......................................................................................................................................................
51 - Maria Amida Kamers - Mártir da Virgindade?............................................................................................................
52 - Conventinho do Espírito Santo.....................................................................................................................................
53 - Gruta Nossa Senhora de Fátima - Águas Mornas...................................................................................................
54 - Gruta Nossa Senhora de Lourdes - Vargem Grande..............................................................................................
55 - Gruta São Sebastião - Águas Mornas.........................................................................................................................
56 - Gruta São Francisco de Assis - Teresópolis.............................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

SEXTA PARTE
GENERALIDADES

57 - Curiosidades...................................................................................................................................................................
58 - Entrevista com o Pároco Pe. Frei Nolvi Dalla Costa................................................................................................
59 - Tábula Histórica..............................................................................................................................................................
60 - Arquivo Paroquial............................................................................................................................................................
Notas de Fim............................................................................................................................................................................

SÉTIMA PARTE
ANEXOS


PARTE A

ANEXO 1 - RELAÇÃO DAS COMUNIDADES FILIADAS E/OU CONSTITUÍDAS NO CURATO/PARÓQUIA SANTA TERESA, DE TERESÓPOLIS, CONFIADAS AOS PIONEIROS FRANCISCANOS, NO PERÍODO DE 1891 A 1900.............................................................................................................................................................................................

ANEXO 2 - ELENCO DOS FRADES DA PROVÍNCIA FRANCISCANA DE SANTA CRUZ, DA SAXÔNIA, NA ALEMANHA, QUE CHEGARAM EM TERESÓPOLIS............................................................................................................

ANEXO 3 - ELENCO DOS PADRES QUE TRABALHARAM NO CURATO/PARÓQUIA SANTA TERESA EM TERESÓPOLIS, NO PERÍODO DE 1862 A 1945................................................................................................................

ANEXO 4 - RELAÇÃO DAS COMUNIDADES FILIADAS À PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ NO ANO 2004..................................................................................................................................................................................

ANEXO 5 - ELENCO DOS PADRES RESPONSÁVEIS E PÁROCOS QUE EXERCERAM SUAS FUNÇÕES RELIGIOSAS NA COMUNIDADE E DEPOIS PARÓQUIA DE SANTO AMARO, DE 1837 ATÉ 2004...........................

ANEXO 6 - ELENCO DOS PADRES COADJUTORES/VIGÁRIOS PAROQUIAIS FRANCISCANOS QUE EXERCERAM SUAS ATIVIDADES PASTORAIS NA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ, NO PERÍODO DE 1900 A 2004.....................................................................................................................................................

ANEXO 7 - ELENCO DOS RELIGIOSOS FRANCISCANOS (IRMÃOS) QUE EXERCERAM SUAS ATIVIDADES PASTORAIS NA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ..................................................................................

ANEXO 8 - ELENCO DOS FRADES SEPULTADOS NO MAUSOLÉU DOS FRANCISCANOS EM SANTO AMARO DA IMPERATRIZ NO PERÍODO DE 1900 A 2004................................................................................................................

ANEXO 9 - ELENCO DOS SACERDOTES E RELIGIOSOS NASCIDOS NA PARÓQUIA DE SANTO AMARO..........

ANEXO 10 - ELENCO DAS IRMÃS RELIGIOSAS NASCIDAS NA PARÓQUIA DE SANTO AMARO............................

ANEXO 11 - ELENCO DAS RELIGIOSAS DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DA DIVINA PROVIDÊNCIA QUE EXERCERAM SUAS ATIVIDADES PASTORAIS NO CONVENTO SANTA ROSA E/OU NO HOSPITAL SÃO FRANCISCO DE ASSIS, EM SANTO AMARO DA IMPERATRIZ, NO PERÍODO DE 1910 A 1979.............................................................................................................................................................................................

ANEXO 12 - ELENCO DAS RELIGIOSAS DA CONGREGAÇÃO DAS IRMÃS DE NOSSA SENHORA QUE EXERCERAM OU EXERCEM SUAS ATIVIDADES PASTORAIS EM SANTO AMARO DA IMPERATRIZ DE 1982 ATÉ MAIO DE 2004....................................................................................................................................................................

ANEXO 13 - ELENCO DAS RELIGIOSAS DA CONGREGAÇÃO DAS APÓSTOLAS DO SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS QUE EXERCERAM OU EXERCEM SUAS ATIVIDADES PASTORAIS NO HOSPITAL SÃO FRANCISCO DE ASSIS, NA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ, DE 1983 A 2004.............................................................................................................................................................................................

ANEXO 14 - ELENCO DOS MEMBROS DA COMUNIDADE RELIGIOSA - FRADES E IRMÃS - QUE EXERCEM SUAS ATIVIDADES PASTORAIS NO ANO COMEMORATIVO DO SESQUICENTENÁRIO DE FUNDAÇÃO DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ................................................................................................................

ANEXO 15 - A PARÓQUIA SANTO AMARO DA IMPERATRIZ EM NÚMEROS EM MAIO DE 2004...............................

ANEXO 16 - ELENCO DOS DIÁCONOS PERMANENTES DA PARÓQUIA SANTO AMARO DA IMPERATRIZ ATÉ MAIO DE 2004............................................................................................................................................................................

ANEXO 17 - ELENCO DOS DIÁCONOS PERMANENTES FALECIDOS QUE EXERCERAM SUAS ATIVIDADES NA PARÓQUIA SANTO AMARO DA IMPERATRIZ ATÉ MAIO DE 2004............................................................................

ANEXO 18 - ELENCO DE CANDIDATOS AO DIACONATO PERMANENTE EM 2004..................................................

ANEXO 19 - ELENCO DOS MINISTROS E MINISTRAS EXTRAORDINÁRIOS DA COMUNHÃO, DAS EXÉQUIAS, DA VISITAÇÃO E BÊNÇÃO DA PARÓQUIA SANTO AMARO DA IMPERATRIZ EM MAIO DE 2004.............................................................................................................................................................................................

ANEXO 20 - ELENCO DOS FUNDADORES DA JUVENTUDE FRANCISCANA - JUFRA - EM SANTO AMARO DA IMPERATRIZ, EM 01 DE MAIO DE 1975................................................................................................................................

ANEXO 21 - ELENCO DOS MEMBROS QUE COMPÕEM A DIRETORIA DA SOCIEDADE HOSPITALAR SÃO FRANCISCO DE ASSIS, EM SANTO AMARO DA IMPERATRIZ, EM MAIO DE 2004......................................................

ANEXO 22 - RELAÇAO DOS FUNCIONÁRIOS DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ NO ANO 2004............................................................................................................................................................................................

ANEXO 23 - RELAÇÃO DOS COORDENADORES DA PASTORAL VOCACIONAL DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ EM 2004........................................................................................................................................

ANEXO 24 - RELAÇÃO DOS MEMBROS DA ORDEM FRANCISCANA SECULAR, FRATERNIDADE SÃO LEONARDO DE PORTO MAURÍCIO, DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ, DESDE A SUA FUNDAÇÃO ATÉ 2004............................................................................................................................................................................................


PARTE B

ANEXO 25 - HISTÓRICO DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DE AUTORIA DO PE. ARCHANGELO GANARINI...................................................................................................................................................................................

ANEXO 26 - CORRESPONDÊNCIA DO PE. ARCHANGELO GANARINI AO BISPO DO RIO DE JANEIRO, DATADA DE 1891......................................................................................................................................................................

ANEXO 27 - CINQÜENTENÁRIO DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DO CUBATÃO..................................................

ANEXO 28 - 80 ANOS DA DIREÇÃO DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO DA IMPERATRIZ........................................

ANEXO 29 - RECORDANDO SANTO AMARO......................................................................................................................

ANEXO 30 - CENTENÁRIO DA VINDA DOS PRIMEIROS FRADES FRANCISCANOS RESTAURADORES DA PROVÍNCIA FRANCISCANA DA IMACULADA CONCEIÇÃO DO BRASIL A TERESÓPOLIS.......................................

ANEXO 31 - CENTENÁRIO DA FIXAÇÃO DOS RELIGIOSOS FRANCISCANOS NA PARÓQUIA DE SANTO AMARO.........................................................................................................................................................................................

ANEXO 32 - HOMILIA DO PÁROCO PE. FREI NOLVI DALLA COSTA NA MISSA SOLENE COMEMORATIVA AO SESQUICENTENÁRIO DE CRIAÇÃO DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO, EM 31 DE OUTUBRO DE 2004.............................................................................................................................................................................................

ANEXO 33 - CONGRATULAÇÕES PELO SESQUICENTENÁRIO....................................................................................

ANEXO 34 - HINO DA PARÓQUIA DE SANTO AMARO.......................................................................................................

Notas de Fim..............................................................................................................................................................................

Referências Bibliográficas......................................................................................................................................................

___________________________________________________________


LIVRO HISTÓRICO
UMA CAMINHADA DE FÉ
HISTÓRIA DA PARÓQUIA SANTO AMARO

SANTO AMARO DA IMPERATRIZ E ÁGUAS MORNAS - SC

DESCRIÇÃO DO LIVRO:

Autor: Toni JOCHEM

Editora:
Edição do Autor
ISBN 85-903946-5-4
Data de Lançamento:
17 de dezembro de 2005
Quantidade de Páginas:
672
Capa: Colorida
Miolo: Preto e Branco
Formato: 16cm x 23cm (fechado)
Valor: R$ 35,00 (mais a postagem)

Solicite o livro através do e-mail tonijochem10@gmail.com
Favor informar o nome do(os) (livro(os) que deseja adquirir
Obs.: Não esqueça de enviar seu endereço completo + CEP, além do
fone/fax.


Forma de envio do Livro:
Sedex a cobrar ou reembolso postal via
correios (outras formas a combinar).

 

Envie para um amigo!

© Copyright Toni Vidal Jochem, 2004. Todos os direitos reservados.
toni@tonijochem.com.br